#2 A carta que nunca te dei


Sabes quando acordei, pensei que tudo não passava de um sonho muito bom, mas não, era a pura da realidade e não sabia como te ia confrontar, foi então que te vi e segui pelo caminho oposto para não me cruzar contigo.

Mas quando parei para reflectir percebi que não adiantava eu ignorar-te se tu ias fazer parte da minha vida.

Foi então que não evitar mais e falar contigo porque, não havia da recear nada, mas quando te aproximas-te, o meu coração disparou e eu fiquei sem palavras, depois quando soltas-te a palavra que eu tanto temia ou que por tanto esperava, nem sei, mas sei que tornei-me na mulher mais feliz do mundo, porque pela primeira vez estava a ser compreendida.

Quero que saibas que também queria ter a coragem para soltar a tal palavra que tantas más recordações me trazia e tu também querias ouvir essa palavra, mas eu tinha medo. Mas naquele dia em a palavra pela qual esperavas se soltou da minha boca tu ficas-te feliz e eu também porque uma nova fase da nossa vida se iniciava, sem receio.

Desculpa se demorei demasiado tempo a soltar a “palavra-chave”, mas tu sabes que quando ela foi dita, continha um profundo sentimento que nunca tinha dito a ninguém!

3 comentários:

  1. Está muito fixe!
    Eu percebi onde querias chegar!!!!!!

    ResponderEliminar
  2. NÃO FALES POR CÓDIGO PORQUE EU PERCEBO MUITO BEM CADA PALAVRA QUE ESCREVES.......SÓ TENHO PENA QUE NÃO ME CONTES AS COISAS COMO ELAS SÃO......MAS NUNCA TE ESQUEÇAS QUE ANDO MUITO À FRENTE DE TI....E PERCEBO COISAS QUE NEM TU PRÓPRIA ENTENDES.....ENFIM......MAMÃ.

    ResponderEliminar
  3. gosto, segue-me please $:
    http://sense-d.blogspot.com/

    ResponderEliminar

"o espelho da minha alma são as palavras, deixa aqui as tuas para eu descobrir um pouco mais sobre ti"